Compras em Buenos Aires

Posted by Clara Beauty Posted on mar - 19 - 2012
Buenos Aires é uma cidade linda. A gente anda pelas ruas e por momento acha que está em algum país da Europa. Os prédios antigos, vários deles, mal ou bem preservados, as ruelas estreitas, o jeito como as pessoas se vestem… Certamente, a capital federal da Argentina vale a visita. 

Para nós, tricoteiras, a viagem à cidade também tem outro objetivo. Os fios. Sim, porque lá há mais variedades do que no Brasil. Mas não se anime muito. As opções de fibras naturais são bem limitadas. O mais comum é encontrar merino, puro ou misturado com outros materiais, sendo o acrílico o mais comum, e em torções variadas. Também há fios de “lã”, sem o tipo de animal especificado, e também mohair, sempre misturado. Não encontrei nenhuma alpaca ou lhama ou vicunha ou qualquer outro bicho lanoso latinoamericano.

Hilados Hiafe

Sobre o merino, o preço é bom, entre 90 a 120 pesos o quilo do fio puro. O engraçado é que o fio misturado (que eles chamam de “mescla”) por custar alguns pesos mais caro. Não faz sentido para mim, mas ok. Porém, o merino deles é muito áspero, tão áspero que antes de usar peças que tricotar com o que eu comprei para mim terei que deixar de molho no condicionador de cabelo por várias horas – acho que só um Dove Reconstrução Total para resolver o problema.

 

Por outro lado, as lojas portenhas vendem fios acrílicos da melhor qualidade – mas quem é que vai sair do Brasil para comprar acrílico, me diga?

 

O lugar que concentra a maior da parte das lojas é a Avenida Raul Scalabrini Ortiz, entre os números 700 e 1000, mais ou menos, no bairro conhecido como Vila Crespo. Existem outras lojas espalhadas na cidade, como a Penelope Lanas, na Av. Rivadavia, mas não cheguei a ir lá para ver se vale a pena desviar do caminho para conhecê-la.
A seguir as lojas em que fiz comprinhas:

 

Hilados Iafe – Av. Raul Scalabrini Ortiz 1028
Fui atendida maravilhosamente bem pela dona Cheli, uma senhorinha muito simpática que se recusou a aparecer na foto. O melhor preço para fio espessuras lace e worsted (90 pesos o quilo!!!). Já o fio “mesclado”, isto é, 50% merino/50% acrílico custava 95 pesos. O porém é que o fio deles é bastante áspero e não tem muita variedade de cores.
Os fios 100% acrílico também são muito baratos, cerca de 3 reais 100gr de um fio super macio. Também comprei aqui broches para xales a 10 pesos.

 

Milana Hilados

Milana Hilados – Av. Raul Scalabrini Ortiz 1062

Sem dúvida, a melhor loja, a mais completa para quem procura lã natural. Vende não apenas produção própria, mas também fios uruguaios (Malabrigo, Manos del Uruguay, Abuelitas), mas nem se empolgue muito porque o preço é salgado – ainda vale a pena porque é mais barato que no Brasil, o que não quer dizer que seja uma pechincha. O problema (pecado mortal, eu diria) é não aceitar nenhum tipo de cartão (nem “tarjeta” de crédito, nem de débito), o que limita muuuuuito o nosso ímpeto de gastar, gastar, gastar…
Pontremoli – Av. raul Scalabrini Ortiz 955
Atendimento ótimo da Agostina, que parece entender do que está vendendo. Fraco em lã pura, boa para sedas (pura e borrete) e mohair+acrílico.

 

Mais endereços para você conferir:

 

Eurolan – Av. Scalabrini Ortíz 901

 

Hilados Arpa – AV. Raul Scalabrini Ortiz 837

 

Hilados Duotex – Raúl Scalabrini Ortiz 782

 

Hilados Maiten – Av. Raul Scalabrini Ortiz Av 985

 

Hilados Reina – Av. Raul Scalabrini Ortiz 997

 

Hilartes – Av. Raul Scalabrini Ortiz 966

 

Moussa Hilados – Av. Scalabrini Ortiz 973

 

Nube Hilados – Av. Raul Scalabrini Ortiz 999
Categories: Notícias

3 Comentários nesta postagem.

  1. Eu amo essa rua :) É uma pena que os preços não estejam tão baratos como antes.
    Cheguei de lá na sexta passada e estranhei o preço das roupas ;( ainda é mais barato do que aqui mas não tanto mais ;(
    Minha filha é casada com um portenho por isso vou duas vezes por ano e amo a cidade!!!!
    há tempos não vou na Scalabrini Ortíz pois depois destes anos todos não dá mais para esconder lã aqui em casa ;) )
    Ah já fui em outras lojas pela cidade mas o preço era sempre mais caro ;(
    Ah….saudade que deu ;(

  2. m izabel disse:

    Gostei das dicas, mesmo a maioria dos fios serem acrílicos, vale a visita a B Aires!
    Obrigada !!

  3. Leticia Dias disse:

    Ótimas dicas!

    Quando fui na Milana fui atendida por um senhorzinho muito fofo! Me explicou tudo e, no final até ganhei um doce.